Início » Colunas » Coluna do Verchai » Santos x Palmeiras é destaque do Brasileirão

Santos x Palmeiras é destaque do Brasileirão

Fernando Verchai

Clássico paulista Santos x Palmeiras, um dos destaques da 30ª rodada do Brasileirão, é decisivo para as equipes, que lutam em lados opostos na tabela.

estádio urbano caldeira vila belmiro santos sp

Vila Belmiro será palco de mais um grande clássico entre Santos e Palmeiras neste domingo (Divulgação/Santos FC)

Às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo (7), o Santos recebe o Palmeiras na Vila Belmiro, em partida válida pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, que vai ser transmitida pela Globo na TV aberta. O clássico marca o retorno total do público, que promete lotar o Estádio Urbano Caldeira, tendo em vista que já não há mais ingressos disponíveis para o jogo. Com a média de contágio pelo coronavírus baixíssima, o Santos teve seu estádio liberado para receber 100% da capacidade total. Serão mais de 16 mil torcedores para apoiar o Peixe na Vila Belmiro, e em um momento crucial para o clube na temporada. O Santos teve grandes problemas para manter um bom rendimento neste ano em razão da crise financeira pela qual o clube passou quando José Carlos Peres estava na presidência. O Alvinegro Praiano perdeu mais da metade de seus jogadores titulares no vice-campeonato da Libertadores de 2020, além do badalado técnico Jorge Sampaoli, e teve que se virar, obrigatoriamente, com as categorias de base, pois estava proibido de contratar pela FIFA em razão das dívidas acumuladas. Aos poucos, porém, as coisas foram mudando no Santos. Carlos Peres sofreu impeachment e, desde então, Andres Rueda voltou a colocar as contas em ordem e, mais recentemente, muitas outras coisas também estão sendo ajeitadas. Alguns reforços foram chegando e Fabio Carille assumiu como novo técnico depois do insucesso de Fernando Diniz nas competições de mata-mata e, evidentemente, pela péssima campanha no Brasileirão. O início de Carille, porém, não foi nada fácil: foram 5 partidas sem vencer, e nas 4 primeiras o Santos sequer conseguiu balançar as redes. Carille não conseguiu evitar a eliminação para o Athletico Paranaense nas quartas de final da Copa do Brasil e seguiu em queda no Campeonato Brasileiro, mas, apesar da pressão, foi mantido no comando. Agora, são 4 derrotas, 4 empates e 3 vitórias em 11 partidas sob o comando de Fabio Carille. O Santos venceu as últimas duas partidas de forma consecutiva e deu um belo respiro na tabela de classificação. Antes na zona de rebaixamento, agora o Santos tem 5 pontos de vantagem para o primeiro time no Z-4, tendo, ainda, uma partida atrasada para fazer. As mudanças do Santos dentro e fora das 4 linhas foram fundamentais para a reação, que pode ser consagrada ainda mais no clássico com o Palmeiras deste fim de semana. Para tanto, Carille deve apostar na mesma estratégia que deu certo nos últimos dois jogos, com: João Paulo no gol; uma linha de 3 zagueiros com Danilo Boza, Robson e Emiliano Velázquez; Madson na ala direita e Lucas Braga na esquerda; Felipe Jonatan funcionando como um segundo volante, ao lado de Vinícius Zanocelo (que retorna de suspensão); e uma linha ofensiva com Marcos Guilherme, Diego Tardelli e Marinho (que também está retornando de suspensão). Trata-se de um sistema no qual o Santos consegue equilibrar melhor sua defesa, que não foi vazada nas últimas duas rodadas, além de extrair o melhor de sua força ofensiva com a velocidade das descidas ao ataque.

Palmeiras ainda sonha com título brasileiro e quer seguir na caça ao líder

O Verdão chega para o clássico na Vila Belmiro precisando da vitória para seguir na vice-liderança do campeonato, podendo diminuir para 7 a distância que agora é de 10 pontos em relação ao líder, Atlético Mineiro. Os comandados de Abel Ferreira chegam motivados pela sequência de quatro vitórias consecutivas, estando há 5 sem perder. Na última rodada, a vítima foi o Grêmio, que se complicou ainda mais na zona de rebaixamento. Como não tem outras competições para se preocupar e já está com os jogos do Brasileirão “em dia”, o Palmeiras teve tempo para se preparar para o duelo com o Santos, e defende uma invencibilidade que já dura 6 partidas no clássico. A última vitória do Santos sobre o Palmeiras foi em outubro de 2019, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro: desde então foram 2 empates e 4 vitórias palmeirenses. E uma coisa é certa: o técnico Abel Ferreira vai fazer o que for preciso para tentar manter o tabu e seguir buscando a liderança do Brasileirão. O técnico português, que completou um ano sob o comando do Palmeiras nesta sexta-feira (5), já se utilizou de diversas estratégias para ter um caminho de sucesso no Brasil: jogou com linha de 4 e de 5 na defesa, utilizou-se de 3 e de 2 atacantes, dois meias armadores e, também, jogou com e sem o centroavante de ofício. Entre tantas coisas que variam na equipe de Abel Ferreira, porém, algumas coisas raramente mudaram. Alguns nomes são cruciais na equipe palmeirense: o goleiro Weverton, o zagueiro Gustavo Gómez, o meia Raphael Veiga e o atacante Rony. Desde que retornou, Dudu também tem sido unanimidade no time titular, fazendo com que outros nomes como Luiz Adriano, Deyverson, William e Wesley fossem menos constantes no time titular. Todos eles vão estar disponíveis para entrar em campo na partida da Vila Belmiro, o que coloca o Palmeiras como favorito para vencer. Não à toa na última partida, diante do Grêmio, que precisava desesperadamente dos 3 pontos em Porto Alegre para ficar mais próximo de deixar a zona de rebaixamento, o Palmeiras conseguiu vencer mesmo saindo atrás no placar.

Outros clássicos da rodada:

Também às 16 horas (de Brasília) de domingo (7), o Atlético Mineiro recebe o América de Minas Gerais no Mineirão. O Galo quer manter a larga vantagem (atualmente de 10 pontos) para o vice-líder (atualmente o Palmeiras), enquanto o América, atual 10º colocado (6 pontos de distância do G-6 e 8 pontos à frente do Z-4) busca somar pontos para se manter na zona de classificação para a próxima Copa Sul-Americana.

O primeiro grande clássico da 30ª rodada do Brasileirão acontece no sábado (6), às 19 horas (de Brasília), no Beira-Rio, onde o Internacional recebe o Grêmio. O clássico gaúcho, por si só, já deixa os ânimos dos torcedores à flor da pele, mas o deste sábado coloca outras coisas em jogo, que deixam a partida ainda mais quente. Isso porque o Grêmio, atual tetracampeão estadual vencendo o Inter em duas destas finais, precisa da vitória para ter mais chances de escapar do rebaixamento na reta final do Brasileirão. Do outro lado, porém, o Internacional precisa vencer em casa para seguir próximo do G-6, que garante vaga, ainda que indireta, para a próxima Libertadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.